Já pensou em viver bem SEM TRABALHAR? É possível!

Já imaginou levar o mesmo padrão de vida, ou até melhor, sem precisar trabalhar? SIM, isto é possível e é o que ensinarei no artigo de hoje.

Levantar 6h da manhã (ou antes), encarar trânsito ou transporte público lotado até chegar ao serviço, comer de marmita ou na rua, diariamente ser cobrado por metas e prazos, ter hora pra entrar e não ter hora para sair…

Essa é a realidade da maioria das pessoas que são funcionárias no Brasil. Não é nada fácil.

Mas, é necessário, não é mesmo?

NÃO

Você não precisa levar essa vida louca e estressante até sua tão sonhada aposentadoria, ou mesmo após ela.

É possível viver com a mesma renda, ou até uma renda maior que a sua atual, sem precisar trabalhar.

Continue a leitura e aprenda neste artigo como é possível alcançar este objetivo, mesmo sendo uma pessoa com baixo salário.

 


Liberdade:

Liberdade

Palavra que vale ouro. Você já sonhou em ter todo o tempo do mundo para curtir sua família, seus filhos, seus amigos, viajar, ter qualidade de vida, sem precisar trabalhar?

Ter liberdade para fazer o que gosta, na hora que bem entender, sem se preocupar se as metas foram batidas, se os prazos foram cumpridos e se sua chefe está de TPM essa semana?

Parece impossível? Utopia? Devaneio?

Não é. A tão almejada liberdade está mais próxima de você do que você imagina, e para que você consiga atingi-la precisa somente de 3 coisas:

  • Objetivo;
  • Foco;
  • Determinação.

Pegue um papel e uma caneta para anotar o que você precisará para alcançar este sonho.

 


Objetivos:

Quanto você pretende ganhar mensalmente para viver bem?

Seja realista, se a vida inteira você viveu com R$2.000,00 mensais, não responda que precisa de R$15.000,00.

Mas se você acredita que precisa de R$500,00 a mais do que ganha atualmente para levar uma vida mais tranquila, anote no papel que seu objetivo é ter uma renda de R$2.500,00 mensais.

Em quanto tempo você pretende viver bem sem precisar trabalhar?

Novamente sejamos realistas. Não responda amanhã porque eu e você sabemos que isso não será possível.

Anote também o prazo em que você pretende ter sua liberdade.

 


Foco:

Você está disposto a alcançar seu objetivo? Batalhar por ele? Ter isso como meta em sua vida?

Se a resposta for SIM, anote no papel e continue a leitura.

Se a resposta for NÃO, esqueça tudo que leu até aqui e conforme-se com sua rotina atual.

 


Determinação:

Gosto muito daquele ditado americano: “Não existe almoço GRÁTIS”

Se você está disposto a atingir seu objetivo, precisa saber que terá que renunciar a algumas coisas para isso.

Será seu Custo de Oportunidade. Se ainda não sabe o que é isso, recomendo a leitura DESTE artigo.

Você está determinado(a) a deixar de lado algumas futilidades e luxos para alcançar seu sonho?

Está determinado a não desistir deste sonho nos obstáculos que aparecerão pelo caminho?

Determinado a traçar um “Plano B” em casos de imprevistos?

Se sua resposta foi SIM, meus parabéns!!! A tão sonhada liberdade está mais próxima do que você imagina.

Mas afinal do que é que estou falando até agora?

 


Independência Financeira:

Independência Financeira

É com isso que você já sonhou inúmeras vezes acordado(a), provavelmente sem saber o nome.

O que é Independência Financeira?

Independência Financeira é você poder levar sua vida nos mesmos padrões, sem precisar trabalhar. É quando você não depende mais do seu salário para viver.

Como é possível ter independência financeira?

Através de uma Renda Passiva.

E o que é renda passiva?

Renda Passiva é fazer o dinheiro trabalhar para você ao invés de você trabalhar por dinheiro. (By Aline Porto)

Parece confuso? Não é. Renda passiva é quando os rendimentos de tudo aquilo que você acumulou no decorrer dos anos, seja na renda fixa, na renda variável, em imóveis e etc, rendem mensalmente, o mesmo montante que você recebia de salário.

Quando você consegue que seus rendimentos sejam iguais ou superiores ao eu salário mensal, você atingiu a tão sonhada Independência Financeira.

 


Como alcançar sua Independência Financeira:

independencia-financeira

Agora que você já sabe como é possível viver bem sem precisar trabalhar, ensinarei a você COMO fazer isso.

Lembra-se das 3 coisas citadas anteriormente? Aqui elas entram em cena.

Objetivos: Aqueles que você anotou no início do texto. Foco e Determinação para alcançá-los. Nenhum destes 3 elementos podem faltar na sua busca pela independência financeira.

Se você precisa de uma Renda Passiva, significa que necessita acumular um montante durante um tempo, até que ele te dê como retorno, aquilo que seu emprego lhe remunera. Correto?

Ótimo, mas de quanto eu preciso para gerar esta renda passiva? Quanto eu preciso economizar mensalmente para alcançar meu objetivo?

Todas estas respostas estão numa PLANILHA GRÁTIS que fiz para você.

Vejamos um Exemplo: Vou supor que você queira uma renda mensal de R$2.500,00 e que pretende ter sua independência financeira dentro de 15 anos. Veja quanto você precisaria economizar mensalmente para alcançar este objetivo:

Quanto Preciso paara Independência Financeira

Sabemos portanto, que para você obter R$2.500,00 mensais de rendimento de suas aplicações dentro de 15 anos, precisa guardar mensalmente R$996,00.

A planilha fará este cálculo automaticamente. Você preencherá o valor que pretende receber mensalmente, a quantia que você já tem aplicada (se houver) e em quanto tempo você quer viver de renda (tempo em meses ok?).

Importante destacar que utilizei como base para este cálculo, uma taxa de rendimento médio mensal de 0,70%. O que significa que se você deixar seu dinheiro na Poupança, demorará mais para acumular o montante necessário, mas já ensinei a você que Poupança Não é Investimento.

Segue a planilha Gratuita para sua independência financeira:

Clique AQUI para baixar a Planilha.

download-planilhas-financeiras

Puxa Aline, mas eu não consigo guardar quase R$1.000,00 todo mês… Então comece a colocar em prática Como Poupar até sem Dinheiro, ou ajuste seu objetivo à um prazo maior.

IMPORTANTÍSSIMO: Como vivemos em um país com alta taxa de inflação, é fundamental que a cada ano você reajuste o valor da renda mensal pretendida, de acordo com seu reajuste salarial. Se seu salário foi reajustado em 10%, o valor da renda pretendida na sua independência financeira também precisa subir 10%.

Fazendo assim, você não terá seus rendimentos mensais prejudicados pela inflação, afinal, daqui a 15 anos, certamente R$2.500,00 não te proporcionarão o mesmo padrão de vida que hoje. Capiche?


Onde Investir Para Conquistar Minha Independência Financeira?

A decisão sobre onde investir caberá a você, de acordo com seu Planejamento Financeiro e com sua Estratégia de Investimentos.

Porém já ensinei aqui algumas boas opções. São elas:

Lembre-se que, quanto maior a rentabilidade do investimento, menor será o tempo necessário para alcançar seu objetivo.

Ah… E sempre FUJA da Poupança.

 


Conclusão:

felicidade1

Você aprendeu neste artigo:

  • O que é Independência Financeira;
  • Como alcançá-la;
  • O que é Renda Passiva;
  • Como ajustar seu objetivo para não se prejudicar com a Inflação;
  • Onde investir para realizar seu sonho.

Lembre-se que A Mudança Só Depende de Você. Se você quer livrar-se de chefes, horários e da vida louca que levamos no mercado de trabalho, tenha Foco, Objetivo e Determinação. Só você pode mudar o final desta história.

“Os Fracassados encontram desculpas, os Vencedores encontram SOLUÇÕES”.

Pense nisso!

Espero que tenha gostado do texto e que corra atrás da sua Independência Financeira. Liberdade é uma das coisas na vida que NÃO TEM PREÇO.

Aguardo seus comentários e/ou dúvidas nos campos abaixo.

 

Abraço

ALINE PORTO

Sobre Aline Porto

Aline Porto Educadora financeira que passou de devedora a investidora e quer ensinar você a fazer o mesmo

  • Marcelo Antoniazi

    Sempre acompanho seu blog, você está de parabens continue assim nos ajudando…

    • Muito Obrigada pelo Comentário e pelo elogio Marcelo!

      Espero que continue acompanhando nosso Blog e compartilhando sua opinião conosco.

      Abraço
      ALINE PORTO

  • M. Bran

    Eu andava muito animado com essa autonomia da renda fixa, mas a inflação é um câncer,

    investindo por exemplo, 250 mil, e precisando repor a inflação de 2015 que foi de mais de 10%, de onde tirar 25 mil? Fica inviável. Li recentemente que um investimento de 1 milhão, só permite que se use uns 3 mil, o restante deve ficar lá para amortecer a inflação.